• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • MPT participa de capacitação do projeto nacional Trabalho, Justiça e Cidadania

MPT participa de capacitação do projeto nacional Trabalho, Justiça e Cidadania

Com a palestra “Valor Honestidade”, procuradora do Trabalho Rosemeire Lobo apresentou a professores a importância de valores essenciais para a vida em sociedade; programa é realizado, em Alagoas, pela Associação dos Magistrados (Amatra)

Maceió/AL - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas deu sua contribuição, na manhã desta quinta-feira, 18, às atividades de capacitação do programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC), desenvolvido pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e realizado, a partir do mês de maio, pela Associação dos Magistrados em Alagoas (Amatra). O MPT e outras instituições se tornaram parceiras no programa, que promove o conhecimento dos direitos e deveres dos cidadãos e fornece valores que fundamentem a vivência dos direitos.

Com a palestra “Valor Honestidade”, a procuradora do Trabalho Rosemeire Lobo apresentou a professores da rede pública de ensino a importância da honestidade como base para a vida em sociedade. “A honestidade é um valor que se constrói a partir das relações familiares e sociais. A vida política e institucional é o reflexo dos pequenos atos que praticamos no dia a dia, sem compreensão dos efeitos desses atos. O debate desses temas nas escolas ajudará no resgate e desenvolvimento desses valores para a construção de uma sociedade melhor”, disse Rosemeire Lobo.

Procuradora Rosemeire Lobo apresentou a professores a importância da honestidade como base para a vida em sociedade (Cortesia/Ascom Amatra19)
Procuradora Rosemeire Lobo apresentou a professores a importância da honestidade como base para a vida em sociedade (Cortesia/Ascom Amatra19)

Após a palestra, os docentes se dividiram em grupos para ampliar a discussão sobre a prática da honestidade e receberam a cartilha “Dicionário de Valores”, que apresenta princípios essenciais para o desenvolvimento humano, a exemplo de respeito, honestidade, igualdade, justiça, trabalho, solidariedade e paz – princípios que serão apresentados em três dias de capacitação. Segundo Rosemeire Lobo, a discussão desses valores tem o objetivo de tornar os professores multiplicadores dessas ideias.

MPT e outras instituições se tornaram parceiras no programa, realizado em Alagoas pela Amatra (Cortesia/Ascom Amatra19)
MPT e outras instituições se tornaram parceiras no programa, realizado em Alagoas pela Amatra (Cortesia/Ascom Amatra19)

As atividades do programa Trabalho, Justiça e Cidadania foram iniciadas na manhã desta quarta-feira, 17, com a solenidade de abertura que ocorreu no Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL). Magistrados, procuradores, educadores e representantes das entidades parceiras participaram do evento, que contou com a apresentação do grupo de flauta da escola de bombeiros mirins do Corpo de Bombeiros Militar.

Atividades do TJC foram iniciadas na manhã de quarta-feira, 17, com a solenidade de abertura no Tribunal Regional do Trabalho (Ascom MPT/AL)
Atividades do TJC foram iniciadas na manhã de quarta-feira, 17, com a solenidade de abertura no Tribunal Regional do Trabalho (Ascom MPT/AL)

 

 
 

O TJC será inicialmente desenvolvido nas escolas Nosso Lar (antiga Élio Lemos), na Levada; Eulina Alencar, no Jacintinho; e Padre Brandão Lima, no Pinheiro. Todas as unidades são de ensino fundamental e recebem crianças de até 11 anos.

O projeto terá culminância no dia 05 de dezembro, quando serão apresentados os trabalhos feitos pelos estudantes. Alunos e docentes serão premiados pelo envolvimento com o Programa.

 

Com informações Ascom Amatra19

Imprimir