• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • hemoal
    • MPT-alagoas-oficial

    • aud-publica-usinas-geral
    • aprendizsocieducativo
    • visita-estudantes-unit 1
    • Após denúncia feita ao MPT, Hemoal inicia adequações em sua estrutura física
    • MPT investiga atraso salarial de motoristas de transporte escolar
    • Em audiência pública, MPT discute proteção à saúde e segurança a trabalhadores no setor sucroalcooleiro
    • MPT quer garantir formação de aprendiz para jovens que cumprem medidas socioeducativas
    • Acadêmicos da Unit visitam MPT e conhecem atuação da instituição

    Após denúncia feita ao MPT, Hemoal inicia adequações em sua estrutura física

    Durante audiência, Hemoal informou que corrigiu infiltrações e vazamentos na rede elétrica da instituição; hemocentro tem 30 dias para informar adequações de forma oficial

    Maceió/AL – Após recomendação do Ministério Público do Trabalho (MPT), o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) iniciou a realização de uma série de adequações físicas voltadas ao meio ambiente laboral do hemocentro. As medidas foram solicitadas após denúncia de irregularidades que podem prejudicar a saúde e segurança dos trabalhadores.

    Imprimir

    MPT investiga atraso salarial de motoristas de transporte escolar

    Órgão trabalhista concedeu prazo de 30 dias para Secretaria Estadual de Educação informar regularização de pagamento a profissionais; condutores chegaram a paralisar atividades após três meses de salários atrasados

    Maceió/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas aguarda que a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) forneça informações, no prazo de 30 dias, sobre a regularização do pagamento salarial a motoristas que efetuam o transporte de alunos da rede estadual de ensino. A medida foi definida pelo procurador do MPT Rodrigo Alencar, em audiência realizada em 11 de setembro.

    Imprimir

    Em audiência pública, MPT discute proteção à saúde e segurança de trabalhadores no setor sucroalcooleiro

    Órgão trabalhista reuniu empresários e representantes de trabalhadores para saber a situação atual de condições de trabalho no campo; MPT já iniciou fiscalizações

    Maceió/AL – Uma audiência pública realizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), na última sexta-feira, 14, no auditório do Sebrae, reuniu cerca de 90 participantes para discutir, dentre outros assuntos, um tema de grande atenção no setor sucroalcooleiro: a garantia da saúde e segurança a trabalhadores do corte da cana. Preocupados com os riscos da atividade penosa, procuradores do MPT alertaram empresários do setor e outros representantes sobre a obrigatoriedade de cumprirem a Norma Regulamentadora 31, que trata da proteção do trabalho no campo.

    Imprimir

    MPT quer garantir formação de aprendiz para jovens que cumprem medidas socioeducativas

    Parceria entre instituições públicas e serviços nacionais de aprendizagem visa inserir juventude no mundo do trabalho

    Maceió/AL - Atento às oportunidades de inclusão social para juventude, o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas quer garantir cursos de aprendizagem para jovens que cumprem medidas socioeducativas no estado. Para isso, a instituição contará com a parceria do Ministério Público Estadual, Ministério do Trabalho, Ordem dos Advogados do Brasil, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que se reuniram com a procuradora do Trabalho Virgínia Ferreira nesta quarta-feira, 12. 

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner videos
    • banner podcast
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos