• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL

Procurador do Trabalho discute impactos da terceirização durante Congresso Estadual da CUT

Rafael Gazzaneo ressaltou, durante o evento, que terceirização da atividade-fim representará a precarização das relações de trabalho

Maceió/AL – O Procurador do Trabalho Rafael Gazzaneo levou para centenas de trabalhadores a discussão sobre os impactos causados pela terceirização, durante o 11º Congresso Estadual da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Alagoas. O evento teve como tema “Educação, Trabalho e Democracia” e foi realizado entre os dias 28 e 30 de maio, no Centro Social da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Alagoas (Fetag), no bairro de Mangabeiras.

Imprimir

Por decisão da Justiça, Marroquim Engenharia terá que adequar canteiros de obra a normas trabalhistas

Ministério Público do Trabalho constatou, em Inquérito Civil Público, que a empresa descumpria norma relativa à segurança do trabalhador, o que o levou ao ajuizamento da ação

Maceió/AL - A 4ª Vara do Trabalho em Maceió proferiu sentença, em 14 de abril deste ano, obrigando a empresa Marroquim Engenharia a adequar canteiros de obras que se encontram de forma irregular. A decisão foi parcialmente favorável à Ação Civil Pública, com pedido de liminar, ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas, a qual havia sido precedida de investigações que constataram o descumprimento, pela construtora, de vários dispositivos de Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Imprimir

MPT alerta população: notificações de audiência não são enviadas por e-mail

Se você recebeu alguma notificação ou solicitação do MPT pela internet, procure o Ministério Público do Trabalho em Maceió (PRT 19ª Região) ou em Arapiraca (PTM Arapiraca) e busque informações para saber se a notificação é verdadeira

Arapiraca/AL – Você já recebeu algum e-mail solicitando seu comparecimento ao Ministério Público do Trabalho (MPT)? Cuidado: esse e-mail pode ser falso. A Procuradoria do Trabalho no Município de Arapiraca (PTM) alerta que pessoas estão recebendo notificações eletrônicas para comparecer a audiências. No entanto, as notificações são inexistentes e estão circulando pela internet.

Imprimir